Livros
O PARADOXO AGRÁRIO

Errado não está ajudar os sem-terra a melhorar de vida. 
Errado está proteger os assentados rurais, discriminando os pequenos agricultores existentes no país. Que são, é necessário dizer , a maioria absoluta. Somam, no minimo, 4 milhões de produtores familiares. 
A ação política dos movimentos sociais, radicalizados pela guerrilha das invasões de terra, tem sido tão eficiente, que faz o governo e a sociedade, em geral, darem atenção privilegiada a questão da reforma agrária. A luta pela terra chama a atenção para o drama dos desempregados e excluídos do campo. 
Mas a polarização é tão intensa que aqueles que já são agricultores ficam marginalizados. E sentem-se excluídos. 
Aqui está o drama dos com-terra.