Notícias

Comentários do Artigo Empreendedor Rural

05/01/2016

Obrigado pelo envio e parabéns, Xico.

Relembro que sua palestra no Empreendedor Rural em Curitiba trouxe tanto aumento da esperança
que você foi lançado candidato à presidência!!!

E o mais surpreendente: você aceitou, "desde que os eleitores sejam esse povo aqui da plateia..."

E vamos em frente nesse 2016 !

Abs., Florindo Dalberto

 

Oi, Xico, mais um belo artigo, uma injeção de ânimo as 4 da manhã para um empreendedor urbano aprendiz de rural!
Abraçao

Flávio Brando

 

Xico, lí, como sempre o faço o seu belo artigo.

Paraná, terra boa e gente maravilhosa, gente que sabe o que quer.

Xico, sempre o faço, uma triste comparação com as coisas do nosso  nordeste. Povo sofrido, cansado, roubado, iludido, sem liderança, sem gente cuidando do seu solo, da sua água, da sua vocação, do seu destino.  A natureza madrasta e os governos prostituídos, total falta de orientação técnica. Uma imensa área, população trabalhadora, carece de apoio e larga  visão. A gente paranaense tem uma vivencia cultural diferente. É uma gente sadia e com olho no futuro. São agricultores e responsáveis pela pujança do Brasil, apesar de todos os males que são obrigados a superar. Belo e ilustrativo artigo. Vamos projetar isso para o Nordeste?

Paraguaçu

 

Xico,

É maravilhoso ver o que esse abnegados agricultores fazem pelo nosso País.

Melhor ainda é ler a sua crônica.

Esplendida!!!

Atenciosamente,

Hercilio Ramos

 

Olá Xico Graziano,


Parabéns pelo seu artigo "Empreendedor Rural".
Acertivas mais do que reais e atualizadas.
Grande Abraço


Fredericode Almeida Daher
 

 

 

Prezado Xico Graziano,

Como pecuarista no Norte de Minas, onde há três anos enfrento adversidades climáticas, achei belíssimo o seu artigo publicado no Estadão de hoje. Parabéns!

Gilberto Duarte de Abreu

 

Prezado Xico, bom dia e meus votos para um ano muito próspero para você.

Li seu último artigo sobre o empreendedorismo rural e como sempre acontece com seus escritos, aprendi muito.

No referido artigo você faz menção ao estado deplorável dos portos brasileiros, lerdos e custosos.

Pois bem, e não que isso vá mudar imediatamente o estado das coisas, mas tenho uma boa notícia para te dar a respeito disso.

O Senai, com vistas a internacionalizar seus cursos superiores, assinou um Acordo de Cooperação com o Ministério da Educação da Holanda, com a Universidade de Haia e com um instituto de Roterdã – STC – Shipping and Transport College, com larga experiência em gestão portuária e logística.

Nossa primeira ação conjunta será a oferta do programa “MBA em Gestão Portuária”, na Escola Senai de Santos, a partir de fevereiro. O objetivo principal será formar especialistas do setor portuário para o gerenciamento de competências inerentes às instalações portuárias, fluxo dos modais logísticos e movimentação de cargas. Terá 12 módulos, dos quais 3 serão ministrados por docentes da STC holandesa!

Se você quiser saber mais, posso lhe passar as informações. A  Escola Senai de Santos possui as instalações necessárias ao desenvolvimento do curso, com simuladores e tudo! Levamos o Cônsul da Holanda em São Paulo para conhecer e o comentário dele foi: I am impressed!

Xico, é uma gotinha d’ água nesse mar imenso, mas é um começo!
Quem sabe você se anima a visitar a escola e um dia escrever sobre o assunto??
Fico à sua disposição! Abraços! Sumara

 

Boa Tarde,

   Venho saudar seu excelente artigo para o Jornal Estadão, pelo qual tive conhecimento através da página de uma empresa agrícola de sementes aqui de Mato Grosso. E dizer que compartilho da mesma opinião. E faço aqui um apelo, devido a pouca informação sobre visão estratégica para o agro, e pudesse fazer mais artigos explorando outras áreas promissoras (como piscicultura citada no artigo).
  Parabéns pelo artigo. "Abs".Att

Rolf da Silva